Blog
O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Blog
voltar \ Truques para melhorar a qualidade do ar que respiramos em casa

Truques para melhorar a qualidade do ar que respiramos em casa

13 mai 2020
Truques para melhorar a qualidade do ar que respiramos em casa
As recomendações, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, são fundamentais para o nosso bem-estar e saúde. Fonte: Idealista News

Agora que passamos mais tempo dentro de casa, por causa da pandemia da Covid-19, devemos ter cuidados redobrados no nosso dia a dia. A qualidade do ar que respiramos, por exemplo, é um aspeto ao qual devemos prestar muita atenção, pelo bem da nossa saúde. E há medidas básicas que podemos começar a aplicar desde já, para nos protegermos e nos mantermos saudáveis, e que vão ajudar a uma maior concentração e produtividade – nos casos em que a casa passou a ser também o local de trabalho ou a escola, por exemplo.

“Em situação de pandemia mundial, devido ao surto causado pelo SARS-CoV-2, os portugueses vão passar muito mais tempo dentro das suas habitações devido ao período de isolamento social estipulado, estando portanto mais expostos a eventuais poluentes da qualidade do ar interior. A exposição prolongada a estes poluentes pode causar o aparecimento de um conjunto de sintomas, que se podem exacerbar à medida que exposição se prolonga”, pode ler-se num documento do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, publicado no fim de março.

Mais adianta o documento que, de uma forma geral, “uma pobre qualidade do ar interior é causada por ventilação inadequada (48,3% dos casos), seguida de fontes interiores de poluentes (17,7%), fontes exteriores (10%), humidade na habitação (4,4%), agentes microbiológicos (3,5%), materiais de construção (3%), entre outros fatores (13,1%)”,. O documento conclui, assim, que “renovar o ar através de ventilação é o passo mais importante para garantir uma boa qualidade do ar interior.”

As recomendações do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto:

1. Renovar frequentemente o ar interior, através da abertura de janelas durante o dia;

2. Alternar a permanência entre as diferentes divisões da casa;

Photo by Holly Stratton on Unsplash
Photo by Holly Stratton on Unsplash

3. Espaços de quarentena devem ser ventilados com mais frequência;

4. Ventilar a divisão em que fazemos exercício físico durante e após a prática;

Photo by Jonathan Borba on Unsplash
Photo by Jonathan Borba on Unsplash

5. Não fumar;

6. Evitar acender velas;

Photo by Samantha Gades on Unsplash
Photo by Samantha Gades on Unsplash

7. Ligar a ventilação mecânica disponível (como o extrator/exaustor) quando cozinhamos;

8. Aumentar a ventilação quando varremos ou aspiramos uma divisão;

9. Evitar o uso desnecessário de produtos de limpeza e manutenção automóvel, vernizes, velas aromáticas, tintas e produtos relacionados com pintura, tratamentos de tecelagem, perfumes e cosméticos, óleos, gorduras e lubrificantes, colas e produtos adesivos, dentro da habitação;

Photo by Khara Woods on Unsplash
Photo by Khara Woods on Unsplash

10. Evitar o uso de ambientadores ou purificadores de ar;

11. Durante a desinfeção da casa, abrir as janelas e evitar a permanência na divisão desinfetada;

12. Divisões mais húmidas devem ser ventiladas mais vezes.

Veja Também